Artrite Reumatóide: Diagnóstico da Artrite Reumatoide

Aqui tem um pouco da minha Vida com AR e muito de mim.

Minha foto

Sou mãe, mulher, amiga...uma pessoa humanizada e determinada a lutar incansavelmente pela igualdade de direitos. Apaixonada pela vida, determinada a ser feliz incondicionalmente!

Blogueira e Mobilizadora Social em Pro da Pessoa com Doença Reumática no Brasil.

Autora do Blog 
www.artritereumatoide.blog.br

Idealizadora do Grupo de Ajuda Mútua "EncontrAR"

Se vc vem do Blog e tem AR ou algum tipo de Doença Reumática faça parte do nosso Grupo no Facebook EncontrAR 
http://www.facebook.com/groups/encontrar/

Colunista  no Portal Reumatoguia 
www.reumatoguia.com.br

Colunista no Portal Artrite Reumatoide 

www.artritereumatoide.com.br

"Existe vida após a AR", tudo que fazíamos antes da AR, podemos fazer agora, só que de uma forma diferente. Enquanto houver alegria em meu coração, força e vontade de viver, a Dor da AR não me levará a tristeza. Acredite, Dor Compartilhada é Dor Diminuída, compartilhe a sua dor e saiba o quanto nos faz bem falar com gente como a gente. Aqui tem um pouco da minha história e muito de mim, deixe um pouco de você através dos comentários.(todos os comentários são respondidos)

A doença chega a nossas vidas derrepente e nos apresenta limitações e dificuldades até então desconhecidas. Passamos a viver uma vida de por quês?. Ansiedades, medos, inseguranças passam a fazer parte de nossos dias. Porém a vida não termina aqui, começa uma nova vida, onde temos que rever nossos conceitos, procurando adaptar toda uma vida, costumes, rotinas diárias e enfrentamos uma sociedade que preconceituosa, ainda rotula as doenças reumáticas como “doença de velho”, o que não é verdade. As doenças reumáticas estão presentes em todas as faixas etárias e por acreditar que Dor Compartilhada é Dor Diminuída, eu criei este blog em agosto/2007.

A missão deste blog é compartilhar experiências, divulgar informações e lutar pela melhoria da “qualidade de vida do doente reumático no Brasil”.

Unidos na missão de dizer ao mundo que somos artríticos sim + que estamos vivos, temos sonhos e acreditamos que um dia a tão sonhada “estabilização da doença” irá chegar e se prepare “mundo” somos pessoas com doenças reumáticas, com necessidades especiais e somos diferentes em nossas características + somos normais, amamos, choramos, podemos ter família, trabalhar, formar carreira, tudo, podemos todas as coisas sempre “respeitando nossos limites”

Faça parte da historia do blog, compartilhe, participe através de comentários ou escreva para o e-mail:

artritereumatoide.ar@gmail.com


Facebook Twitter LinkedIn Blogger Facebook Page YouTube

Contact me: Skype priscilanursing MSN priscilanursing@hotmail.com

Artrite Reumatoide Artrite em Atividade !!

Follow teststamp on Twitter

Twitter

Latest tweet: @lucianaholtz corrigindo, faço minhas suas palavras.. rs

Get this email app!

Faça parte da Comunidade Meu Reumatoguia http://www.meureumatoguia.com.br

http://www.reumatoguia.com.br


PROCURAR

Receba atualizações por e-mail, cadastre-se

quarta-feira, 3 de outubro de 2007

Diagnóstico da Artrite Reumatoide




A Artrite Reumatoide se classifica em:

·        Artrite Reumatoide Soropositiva

·        Artrite Reumatoide Soronegativa

A Artrite Reumatoide soropositiva é quando o fator reumatóide e Anti-CCP são positivos.

A Artrite Reumatóide soronegativa é quando as provas reumáticas são negativas, Fator Reumatóide e Anti-CCP.
Para estabelecer o diagnóstico da AR é necessário 3 coisas básicas na reumatologia:
·        Exame Físico
·        Exames Laboratoriais
·        Exames de Imagens

Exame Físico
            É quando o médico realiza o exame detalhado de articulações por articulações, acredito ser impossível exercer a medicina em reumatologia sem a presença de rigoroso exame físico, tem coisas na AR que não são passíveis de serem vistas, más podem serem sentidas, como a formação de panus (um tecido articular específico na AR). O médico reumatologista soma o que ele encontra no exame físico ao que o paciente refere (conta). Muitas vezes é possível estabelecer diagnóstico através da soma dessas 2 coisas, exame físico e relatos do paciente.           
              
Exames Laboratoriais
               Quando começamos a investigar a AR, é solicitado por nossos médicos uma lista gigante e assustadora de exames, digo isso, pois com muita freqüência eu recebo e-mails de pessoas assustadas com a lista gigante de exames que o médico pediu.
               O diagnóstico da AR muitas vezes é um diagnóstico de exclusão, o médico precisa pedir vários exames, pois outras doenças podem apresentar dor articular e edema. Para segurança no diagnóstico o médico solicita vários exames de sangue ao mesmo tempo, nas próximas consultas não será solicitado tantos exames.
               Porém, nem sempre o melhor médico é aquele que pede um montão de exames, porque infelizmente tem pessoas que acreditam que para ser bom o médico tem que pedir muitos exames e dar uma receita médica bem grande, não esquecendo claro, de um atestado médico.
               Exames laboratoriais em reumatologia, são solicitados com critérios e o que serve para o médico avaliar a necessidade de pedir exames de sangue ou não, é o exame físico e a queixa do paciente.
               Geralmente os exames os exames laboratoriais se dividem:
·        Exames laboratoriais para diagnóstico inicial
·        Exames laboratoriais para acompanhamento

Exames Laboratoriais para Diagnóstico Inicial
·        Hemograma completo
o       Pode apresentar alterações células sanguíneas
·        VHS e PCR (Proteína C reativa)
o       Provas de Atividade Inflamatória, se elevam na presença de inflamação, porém são inespecíficas para diagnóstico pois não diz onde está a inflamação, na AR é comum ter VHS e PCR elevado.
·        DHL, CPK, TGO, TGP, Aldalose
o       Enzimas musculares
·        Fator Reumatóide ou Waller Rose
o       Elevado na presença de AR, porém pessoas que nunca tiveram AR podem apresentar o FR elevado, portanto sem sintomas clínicos o FR elevado é inespecífico.
·        Anti-CCP
o       Importante e o mais moderno marcador da artrite reumatóide, porém é possível existir AR com anti-ccp negativo.
·        Anticorpos Antifilagrina e profilagrina
o       Marcadores complementares para o diagnóstico de AR
·        HLA – B27
o       Marcador para Espondiloartropatia
·        ASLO
o       Marcador da Febre Reumática
·        Alfa-1-glicoproteína ácida
o       Prova de atividade inflamatória
·        FAN – Fator Anti-Núcleo
o       Geralmente está presente nas doenças reumáticas, serve como marcador para o Lúpus Eritematoso Sistêmico, é definido por padrões, sendo determinado por títulos, porém, é inespecífico, pessoas que não tem doenças auto-imune podem apresentar FAN positivos, portanto o resultado desse exames sem sintomas não configura diagnóstico.
·        Análise Líquido Sinovial
o       È realizado quando o médico colhi o líquido sinovial da articulação e manda para o laboratório analisar.
·        Marcadores de Doenças Infectocontagiosas
o       Durante a investigação da AR, podem ser solicitados exames para verificar a presença de doenças infectocontagiosas como, HIV, Hepatite, Citomegalovírus, Sífilis e demais doenças.
·        Urina I


               Não se assustem com a quantidade de exames e ao pegar os resultados não fiquem consultando o Dr. Google, pois o Dr. Google não é seu médico e não conhece os seus sintomas e achado clínicos. Nem sempre exames positivos e alterados querem dizer que estamos mais ou menos doentes.

Exames laboratoriais comuns de acompanhamento
·        Hemograma
·        VHS – PCR
·        TGO – TGP - Uréia – Cretatinina
o       São provas de função hepática e renal (controle por conta de prováveis efeitos colaterais nos rins e fígado)
·        Fator Reumatóide à cada 6 meses
·        Urina I


Exames de Imagens

·        Radiografias de mãos e punhos

·        Ultrassonografia

·        Ressonância Magnética de mãos e punhos
               Importante: guarde seus RX e ressonâncias, eles são importantes para o médico reumatologista verificar o avanço radiológico da artrite reumatóide.

Anti-CCP e Ressonãncia
               Infelizmente no SUS “Sistema Único de Saúde” o exame Anti-CCP não está disponível para todos, apenas para casos especiais e  também encontramos importante dificuldade para fazer Ressonância Magnética, sendo tanto o Anti-CCP e a Ressonância Magnética de alto custo para o padrão econômico da população que utiliza o SUS.
               Meu FR (fator reumatóide), Anti-CCP são negativos, então minha AR é soronegativa somente foi possível verificar a AR em exames no meu caso, 4 anos depois de sintomas, através de Ressonância Magnética. Porém, minhas dores começaram em 2006, fiquei 1 ano com um médico clínico geral, até que a AR se manifestou através de edema articular, dor e febre sistêmica, foi quando conheci a minha atual reumatologista Dra. Fernanda e foi realizado por ela o “Diagnóstico Clínico da AR”

               Os planos de saúde estão pagando o Anti-CCP e também a ressonância magnética para diagnóstico diferencial da AR. Leia diagnóstico diferencial em http://artritereumatoide.blogspot.com/2010/08/diagnostico-diferencial-da-artrite.html

Este post foi escrito segundo a minha experiência como pessoa com artrite reumatoide, e foram escritos baseados em artigos médicos de referências.

Diagnostico Precoce Artrite Reumatoide

Marcadores Inflamatórios na Artrite Reumatoide